RSS

Arquivo da categoria: Historias

Algumas historias que eu ja passei na vida serão contadas aqui!

Quem nunca foi roubado?

Eu fui e aposto que a maioria das pessoas já foram.. Mais o fato é que não vivemos em um pais “seguro”, então decidi neste post contar os incríveis momentos de tensão que quase já fui assaltado e a vez que eu fui!

A primeira vez que eu quase fui assaltado eu tinha 14 anos, eu não tinha muita coisa na cabeça então gostava na época de parecer com os outros garotos usando bonés de marca, bermuda de marca , camisa e etc.. Só que eu tinha quebrado o braço praticando Hapkido (arte marcial coreana) , então tinha que ir para fisioterapia todo dia de segunda a sexta.  Porem pra meu azar em um desses dias veio um carro em minha direção. Jogaram o carro em cima de mim “que não pegou” e tentaram pegar meu boné, não conseguiram e aceleraram.. Eles poderiam até ter levado porque o boné era falsificado kkkk.. Mais eu fiquei muito assustado!

Na segunda vez eu também estava indo pra fisioterapia.. Sabe quando alguém te para na rua e você fica achando que sabe quem é a pessoa?

Ladrão tem essa mania e foi isso que aconteceu comigo. Eu achei que conhecia o cara, e o cara foi me seguindo ai eu comecei a desconfiar..

Entrando na fisioterapia o cara sentou ao meu lado, eu fiquei já em pânico porque ele começo uma historia que matava varias pessoas que tava com uma faca.. So que o carinha da recepção me chamou para assinar a lista de comparecimento, e quando assinei eu escrevi: Esse cara que está do meu lado está querendo me roubar.. Ufa pensei ,ele vai me ajudar!!  Só que ele não percebeu o que eu tinha escrito!!  Minha sorte foi que meu pai chegou, ai eu segui meu pai e contei pra ele, dai meu pai falo com os seguranças que seguram ele até a policia chegar!

A ultima tentativa foi esse ano, quando eu estava voltando dos estudos.. De repente eu olho pra traz e um cara fala:

-Epa nem corra ou eu vou meter tiro!!

Então ele encosto em mim e eu falei com um medo da porra:

-Deixa ver sua arma

Ele não deixou e colocou a mão no meu bolso pegando meu celular, quando ele olha ele ainda tira onda da minha cara falando que meu celular era ruim e não servia pra ele.. Alem de quase ser roubado ainda o cara quer tirar onda com minha cara ¬¬

Depois de tentarem varias vezes eu estava indo estudar com um amigo, quando sairmos do buzu 5 caras vem e me cerca, eu olho pra traz meu amigo já ta lá na frente e eu fiquei.. Eles colocaram a mão no meu bolso e levaram meu celular!! OBS: Era outro celular bem melhor!

O intuito desse tópico é mostrar como a sociedade é perigosa e as autoridades não estão nem ai para segurança publica.

O mal está nos que permitem isso!!

Anúncios
 
18 Comentários

Publicado por em 04/10/2010 em Historias

 

Cantadas na juventude

Para nós meninos sinal de cantadas serve para mostrar para nos mesmos que somos viris, eu pôr exemplo já usei muitas cantadas nos meus 14 anos e modéstia parte sempre funcionava, elas sempre me davam o numero pra eu ligar ( mentira , era o meus numero que eu dava e depois ela me devolvia). Certa vez eu me aproximando de uma gata cheguei ao seu ouvido e sussurrei o seguinte:
— Perto de você estou parecendo um mendigo. (ela olhando para minha cara como se quisesse me dar uma tapa respondeu)
— Jura? Só falta o pão.
Aquilo me deu tanta raiva mais eu não me dei pôr convencido fui de novo:
— Minha princesa você é tão linda!
Ela nem olhando para minha cara respondeu com uma frase curta:
— Pena que eu não posso falar o mesmo.
Desgraçada, me deu tanta raiva daquela “Ogum Tranca Rua” que se eu fosse mulher arrancava o Mega daquele cabelo que nem era cabelo era uma…. e eu sei lá que porra era aquilo, fiquei com tanta raiva que segui meu rumo até que para um carro do meu lado perguntando o seguinte “ Hei amigo sabe onde estou ?” eu respondi “ Sei sim, dentro do seu carro “ , na hora nem liguei mais aquele homem deve ter ficado sem graça , continuando meu percurso uma namorada de um amigo me liga ( pense naquelas meninas chatas que só sabem falar de homem e do hidratante novo que chegou) me fazendo a seguinte pergunta ( se não fosse a namorada de meu amigo eu ia mandar ela se fuder) , “ Josi em um namoro, me diga duas palavras que abrem muitas portas.” Virado no Estopô das sete facadas eu respondi desligando o celular “ puxe e empurre !”
Desiludido e já em casa me sentei no meu sofá e fiquei esperando começar o filme na globo ( a lagoa azul, clássico) até que parece 2 amigos meus me chamando pra um encontro com a galera, na hora eu não ia mais depois que disseram que uma certa garota por quem eu era afim ia decidir ir também , estava disposto a dar minha ultima cartada fazendo assim uma serenata pra ela na frente de todos. A galera reunida na praça fizeram um circulo sentados nas cadeiras , tinham mais ou menos 15 pessoas nessa roda , sentando ao lado dessa garota comecei a conversar até que acabei perdendo a cabeça dizendo pra ela que ia mostrar COMO É GRANDE MEU AMOR PÔR VOCÊ (pobre é uma miséria, ate na hora de falar tem que usar musica pra fazer bonito), me levantado da cadeira pedi atenção e comecei a falar :
— Meus amigos quero aproveitar essa oportunidade e mostrar pra essa garota o quanto eu gosto dela (mentira era a seca mesmo) cantando essa musica, Andre meu amigo aquela que mata o coração da gente.
Quando eu comecei a cantar parecia que o que era ruim despertou e o que era bom pegou as trouxas e foi embora , pensem numa miséria cantando, era eu, acredita-se que um carro perdendo freio na ladeira tinha mais ritmo do que eu, a menina abaixando a cabeça começou a rir e eu aqui o abestalhado continuava a cantar e o pior era que a estrofe eu colocava como refrão e o refrão colocava como estrofe e assim foi se seguindo até que finalmente um amigo santo me interrompi dizendo que era pra eu parar de cantar porque se não as profecias do apocalipse iriam se cumprir.

 
16 Comentários

Publicado por em 22/05/2010 em Historias

 

Tags: , , , , , ,

Dando santo na escola

Muitas vezes quando pequeno usamos muitos artifícios para comover nossos pais , choramos , inventamos dores de cabeça e entre outras manhas onde “nós moleques” somos mestres DA ENROLAÇÃO, mais para o nosso o azar as coisas acabam sendo muito diferentes na escola o choro acaba sendo causado pôr uma suspensão motivada pôr uma briga, agora me respondam que mal há querer quebrar a cara de um colega? Será que eles não sabem que descontar a nossa raiva no nerd da sala é um Rob? Vão me dizer agora que às três horas em que fomos obrigados em ficar cima de um sofá assistindo Bananas de Pijamas onde no momento que se acaba e finalmente pensamos estar livres entra em ação os URSINHOS CARINHOSOS, isso é de + .
Certa vez na quinta série acabei brigando com um coleguinha (éramos obrigados a chamar os nossos piores inimigos de coleguinha) da minha sala pôr um biscoito isso porque sempre tem um que não leva o lanche e fica pedindo o seu , eu morto de fome neguei e ele sendo muito gaiato acabou tomando de minha mão imediatamente eu levantei e atingi ele com um murro na barriga , em poucos segundos as tias apareceram ( também éramos obrigados a chamar as funcionarias de tias) me levando para direção , chegando lá vendo que o bicho ia pegar e nem os choros iriam mais funcionar me jogando no chão comecei a gritar e a falar palavras sem sentido ( isso que dá em querer assistir o exorcista aos 12 anos) , eu virava os olhos e me batia nas paredes as “tias “ começaram a entrar em desespero até que finalmente chega a diretora da escola ( a coitada era pastora) rezando e balançando a cabeça para a frente e para traz parecendo cantora de Metal ela gritava e falava em línguas ( canal universal ) dizendo “ EU SOU AQUELA QUE DEUS ENVIOU , SOU AQUELA EM QUE DEUS PÔS SUAS MAOS SANTAS E EM NOME DE JESUS EU DIGO VAI EMBOTA TODO O MAL” , foi ai que eu não agüentei e comecei a rir da cara da diretora , resumindo , levei suspensão e apanhei em casa.
Nunca finjam nada do tipo na escola se não vão ser exorcizados pelo cinto…

 
18 Comentários

Publicado por em 20/05/2010 em Historias

 

Tags: , , ,

Dificuldades para formar uma banda

Hoje em dia é difícil abrir qualquer meio de se ganhar dinheiro. Ainda mais com tantas concorrências que é  existe no mercado comercial de hoje.. Por isso que temos sempre que inovar, fazer algo que nunca alguém já fez e isso é difícil quando se trata do mundo musical.

Nesse post vou contar as dificuldades que uma banda de salvador passa no seu dia dia para conseguir chegar ao difícil sucesso..

A primeira dificuldade começa quando se percebe que salvador está cheia de músicos e bandas, e pelo fato de ter muitos concorrentes é preciso estudar um projeto e ter sorte em muitas das vezes..

A segunda dificuldade é quando percebemos que salvador já tem seu próprio estilo musical, é difícil fazer as pessoas mudar seu habito, por isso que as bandas de hoje procura inovar em cima desses estilos, como axé music, pagode, samba etc..

A terceira dificuldade é ver bandas fazendo sucesso com musicas que não tem uma lógica musical na sua maioria das vezes degredindo a imagem da musica baiana..

– Como esses tipos de banda conseguem fazer sucesso?

A minha maior indignação é ver que tem bandas que tem um talento musical (a minha banda xD) , mais o povo não as valoriza.

Pra começar entrar na historia da banda vamos ver o depoimento de Rafael Guimarães que deu inicio a banda Rota do Mar.

Tudo começou quando eu estava na escola, e o meu grande amigo moabe que estudava comigo a 2 anos me chamou para formar uma banda.

Logo vi que não seria fácil porque até então só éramos dois, e teríamos que achar novos integrantes.

Eu no começo achei que seria brincadeira, pelo fato de nos não termos experiência mais vi que poderia se levar a serio. E com passar do tempo chamamos um amigo nosso wendeson, ele não sabia muito sobre musica, mais mesmo assim procurou estudar. E pelo seu desempenho hoje é o guitarrista. Passado meses conhecemos Eduardo era algo que surgia do nada porque falamos com ele e o próprio aceitou o convite. Também ele não sabia muito de musica mais estudou procurou aprender com grades músicos e hoje é o nosso baixista.

Bem ate ai a banda nao estava formada porque nao tínhamos os equipamentos necessário, e sem contar das brigas, discussões que acontecia entre nós. Ate que conhecemos Ricardo,  por meio de uma amiga nossa, ele não podia fazer muito pela gente mais agradecemos a ele o pouco que fez hoje é o nosso produtor, felizmente ele aceitou a proposta.

A banda hoje tem mais integrantes como Gavriel Alon, que hoje é nosso grande web design.Robson e Wesley que é os nossos percussionista A historia desses caras também ne fácil não!

Hoje estamos felizes porque todos nos estamos unidos, pra vencer chegar ao sucesso. Será difícil mais vamos lutar, e com a luta conseguiremos superar todos obstáculos!!

(Rafael Guimarães)

 
33 Comentários

Publicado por em 08/05/2010 em Historias

 

Tags: , , , , ,

Como cagar no dique do tororó..

Muitos que eu contei essa historia pensam que é mentira pelo fato de ter acontecido no dia 1º de abril…

Tudo começou quando Eu e meu colega marcamos pra ir no Dique do Tororó ver uma menina, pra começar bem a historia esperamos por ela só 1 hora ¬¬ .

Homem quando está em um encontro e a mina demora ele pensa 1000 hipóteses de coisas que poderia ter acontecido.. Pensamos que o ônibus foi roubado, que vândalos tacaram fogo no buzu, ou simplesmente que um ovni levou ela pra um outro planeta.

Como ela tava demorando e agente não queria perder a oportunidade do dia 1º de abril eu tive a idéia de colocar credito no celular pra ligar pra 1 amigo falando que tinha um monte de meninas no dique e era pra ele vim ver.. Quando ele chegasse agente falaria 1º de abril passo você não viu!

Chegando no barzinho eu esqueci meu numero telefônico ¬¬ tive que da um toque pra um camarada pra ele falar meu numero..

Depois disso como eu tava ansioso deixei pra lá a historia de ligar pra meu colega e liguei pra menina que eu iria se encontrar.. a menina disse que ia chegar daqui a uns 20 minutos… (Lá vai mais espera)

Pra não ficar com um clima de muito tédio entre eu e meu amigo aluguei uma varinha de pescar que tem no dique e fui tentar pegar peixes com meu amigo, (so pegamos uma mechas de cabelo) até as crianças de 5 anos conseguiram pescar..

20 minutos depois…

A menina que eu ia se encontrar finalmente chegou, daí meu amigo que não queria segurar vela se afastou um pouco e foi meditar,(caiu uma bosta de pombo sobre ele) enquanto eu e a mina foi pra um lugar mais reservado. Tempos depois quando eu vi que a coisa tava boa, e  eu percebi que meu amigo tava impaciente , fui até ele e dei um dinheiro pra ele comprar alguma coisa pra ele.. Ele comprou um picolé e um sorvete..

Depois quando já tava ficando um pouco tarde meu amigo chega e fala:

-Gavriel Desculpa ai é que ta no meu horário e agente precisa ir..

Eu respondi: De boa cara então vamos levar a menina pro ponto..

A menina fala: é pertinho pow..

Pertinho?? Kkkk so rindo, longe pra porra, andamos pra caralho. Chegando no ponto… Meu colega me pergunta: velho que horas são..

Eu ponho a mão no bolso e falo ah não acredito , perdi meu celular e eu tinha colocado 5 reais logo hoje.. (o credito valia mais que o celular)

Depois disso me despedi da menina e fui ao encontro do dique, essa era a idéia primaria porque fomos parar em um outro bairro nada haver com o dique.. Depois disso perguntamos pra um motorista aonde o dique ficava, dai finalmente conseguimos achar o caminho.

De repente meu colega fala velho to com uma dor de barrigaaa e não to conseguindo segurar vamos pro banheiro do dique agoraaaa rápidOoOooo..

Eu só via ele suando mais do que tudo , e gritando e gritando, eu correndo , ele correndo de perna aberta e todo mundo olhando pra nois..

Quando menos espero vejo ele se jogando atrás de uma arvore e abaixando aquela bunda branca dele, todo mundo que passava de carro via , e todos que passavam fazendo corrida via também e dava risada da cena dele cagando.. NOSSAAA , nesse momento me acabei de dar risada, ainda mais quando vi ele levantando e escorregado na bosta e saindo melando braço perna e eu me acabando de dar risada..

Quando ele acabou, fomos correndo pro banheiro do dique , todo mundo que passava tampava o nariz e falava: vá tomar banho menino”S”.. Agora eu pergunto o que eu tive haver com essa merdaaa?? O que eu fiz pra merecer isso..

Perto do banheiro eu acho meu celular no lugar que tava com a menina e grito achei..

Meu colega olha pra mim e tentar xingar mais a vergonha é tanta que ele segue correndo.

Chegando no banheiro….

Caralho velho chegando no banheiro não tinha papel higiênico (kkk) meu pra que? Ele pegou foi a camisa dele e se limpou, depois pediu o pano de chão do banheiro pra se limpar. Eca essa porra que limpa o mijo de todos os homens..

Depois disso pra tampar a obra de arte que tava o short dele, ele pegou o pano de chão e amarrou no fundo do short..

Fomos correndo até a ladeira do Pepino.. AHHH meu pai e aquele sinal com todo mundo esperando a porra abrir , a sinaleira não saia do 99, e todo mundo sentindo o fedor.. (eu morrendo de vergonha)

Subimos a ladeira do Pepino correndo , e eu me acabando de dar risada.. Chegando ao fim da ladeira tinha um taxista saindo eu perguntei: -moço tem como o senhor dar uma corona??

O moço respondeu: na ironia to indo pra BR agora e arrastou o carro..

Em brotas..

Finalmente depois da corrida, conseguimos chegar em brotas, eu entrei em uma vendinha de frutas e falei pro vendedor:

Moço, eu e meu amigo foi assaltado ele não aguento e cago nas calças e ta passando mal , tem como o senhor da um pano pra limpar.. Meu colega se joga pra traz fingindo que ta passando mal.

O moço respondeu: vá no posto da Petrobras que tem panos lá..

Agente foi seguir o caminho da casa do meu colega, e tome novamente corrida. O pior é que so passava menina bonita mandando agente tomar banho L “eu não tive nada haver”

Pra piorar passamos por um ponto de ônibus que tava lotado, e o povo grito vai bando de urubu..

Em fim ele conseguiu chegar em casa.ele tomou banho se limpando com detergente, álcool em gel, e tudo que tinha direito..

Moral da historia , sempre quando levar um amigo pra sair mande ele fazer as necessidade dele antes, ou mande ele usar fraudas!

 
60 Comentários

Publicado por em 03/04/2010 em Historias, Juventude, Mundo Bizarro

 

Lugares estranhos para fazer uma musica…

janela-c
Em um dia chuvoso eu e meus grandes amigos Josiel ,
Rafael , Paulo, e Isis decidimos ir para praça do bairro conversar , e tocar umas musicas para descontrair. So que começou chuviscar ai decidimos ficar debaixo de uma greta da janela de um igreja, parecida com a da foto acima so em que proporções de altura maiores.
Daí decidimos criar uma musica. Mais apesar de tudo não saio nada muito agradável… 🙂
Qual lugar mais estranho você fez uma musica?

 
16 Comentários

Publicado por em 31/08/2009 em Historias